Tags

,

Hoje em dia é fácil encontrar um homem que goste de andar todo perfumado. Cada vez mais ligados à aparência e cuidados pessoais, os integrantes da classe masculina têm se tornado grandes fãs dos perfumes. Em pleno verão, usar e abusar dos perfumes é permitido, desde que observando alguns cuidados por conta das altas temperaturas.

Assim como as grifes de moda, que desenvolvem suas coleções de acordo com as estações do ano, a indústria da perfumaria também prepara fragrâncias que combinam com os altos e baixos das temperaturas. Para enfrentar todo o calorão do verão, as melhores fragrâncias para os homens são as leves e refrescantes que ajudam a espantar do corpo a sensação de calor.

Quem entende do assunto defende: aposte nos cítricos e em fragrâncias marinhas. “Nessa época do ano, os perfumes mais cítricos, feitos com notas olfativas (percepções olfativas dos perfumes) marinhas ou especiadas (referentes à canela, noz-moscada e pimenta), combinadas com notas adocicadas, que é uma grande tendência para perfumes masculinos, ou com notas florais, que estão em alta agora, são os mais indicados por oferecer mais leveza e frescor”, conta Monica Paiva, Fragrance Development da Isan Essências e Aromas, de São Paulo.

Não exagere
Devido às temperaturas altas, os homens transpiram mais, fazendo com que o perfume se propague no ar com mais facilidade (por causa da evaporação) e se torne enjoativo. Por isso, além de optar pelas fragrâncias leves, é preciso saber a medida certa para ficar cheiroso. “O perfume deve ser usado nos pontos de maior pulsação sanguínea, como pulsos, nuca, peito e na dobra interna dos braços, porque, dessa forma, o seu aroma exala mais. Mas é importante dizer que uma borrifada em cada um desses locais já é suficiente”, orienta Renata Ashcar, especialista em perfumes, autora do livro “Guia de Perfumes”.

Desodorantes
O desodorante deve ser usado diariamente pela maioria dos homens, principalmente nas axilas e no peito. Para levar para casa o antitranspirante ideal, no entanto, é preciso ter atenção na hora de escolhê-lo. “O desodorante deve seguir a mesma direção olfativa do perfume utilizado para que não haja conflito entre os cheiros. Mas se não for possível, o homem pode optar pelos produtos neutros ou com fragrância mais leve”, recomenda Renata.

O mercado de hoje oferece várias opções de desodorantes masculinos, no formato roll-on, creme, bastão, spray e aerosol, que prometem proteção contra o suor de 24 a 48 horas. “O aerosol pode ser utilizado apenas uma vez por dia porque realmente funciona e protege dos odores provocados pelo suor. As outras versões, no entanto, não garantem tanta proteção. Por isso, podem ser necessárias outras aplicações, dependendo da necessidade de cada usuário”, alerta Monica.

Garanta o seu favorito no www.aazperfumes.com.br

Fonte: Busca Perfumes

Anúncios