Tags

, , , ,

A França é muito famosa por ter os excelentes perfumes do mundo, a fabricação e a utilização acompanhou o desenvolvimento da população, e não foram apenas os franceses que inventaram os perfumes.
A palavra perfume é derivada do latim per fumum, que significa por meio da fumaça. Na Antiguidade, um perfumista era considerado um encantador, cujo conhecimento sobre a alquimia era empregado para criar incensos sagrados capazes de elevar o espírito, ligando a psique humana ao poder divino supremo.

Você tem alguma ideia de como um perfume é produzido?

A produção começa como uma fórmula de óleos essenciais extraídos de fontes naturais. A combinação de aromas é criada por um perfumista, chamado de nariz, devido ao seu excepcional olfato.
Um perfume pode utilizar até 300 essências, extraído de plantas, empregando diferentes métodos: destilação a vapor, extração por solventes, e enfleurage à froid (uma forma de extração) para as essências caras ou fortes. Por esse processo, florescências penetrantes descansam por meses em camadas alternadas com gorduras, até que estas se tornem saturadas. Os óleos são então lavados com álcool e quando este evapora o que resta é a essência do perfume.


Confiram algumas curiosidades:

4 horas é tempo médio de uma fragrância permanecer na pele;
3 anos é o período de vida de um perfume após sua fabricação;
O ideal é aplicar o perfume de duas a três vezes ao dia;
Peles oleosas seguram mais a fragrância;
Já as peles secas fixam menos a fragrância, devendo ser aplicada mais vezes.

Fonte: Esteta – Saúde, Beleza e Arte

Anúncios