Tags

, , , , ,

São muitas as mulheres dispostas a adiar o envelhecimento através de cirurgias plásticas. Mas, sabe-se que hoje em dia não é necessário essa intervenção, muitas vezes, agressiva à pele. As novidades prometem milagres: pele linda, redução de medidas e da temida celulite além da eliminação de rugas.

O que há de mais atual?

Pele e rosto
Peeling de Cristal: indicado para rejuvenescer, amenizar rugas, manchas e cicatrizes de acne. É realizado com o auxílio de um aparelho com sistema a vácuo, que promove a pulverização de cristais de óxido de alumínio sobre a área a ser tratada.

Manchas e Rugas: as opções incluem preenchimentos, toxina botulínica e tratamentos a laser e luz pulsada. O mais recente deles chama-se softlift, uma união da toxina para eliminar as rugas e o ácido hialurônico para preencher os sulcos na região da boca. Se os problemas são manchas, o mais indicado é a luz pulsada e o laser. Para um peeling mais profundo, o recomendado é o do tipo CO². Para eliminar a flacidez, destaque para a radiofrequência, que também melhora o contorno do rosto.

Gordurinhas, estrias e celulite
A técnica da cavitação já cai no gosto das clientes que desejam eliminar gordurinhas. Segundo especialistas, a gordura vai para a corrente sanguínea e pata o sistema linfático e é processada e metabolizada pelo próprio organismo.
Outro queridinho das esteticistas é o tratamento de radiofrequência tripolar (RF Plus), que age no combate à celulite e à gordura localizada.
Popularizado por Madonna, o Power Plate — plataforma que promete queimar 200 calorias em 15 minutos, o equivalente a uma hora de musculação — virou febre nas clínicas, por melhorar a circulação sanguínea e ajudar no condicionamento físico.
Mais difíceis de eliminar, até as estrias contam com novas soluções: há dermatologistas que usam a técnica de provocar novas feridas na região de estrias antigas, corrigindo-as. Para as estrias mais recentes, o mais indicado é ainda o peeling com ácido retinoico.
Com um potente aparelho de ultrassom de 35 a 40 quilohertz chamado Power Cavit, as células adiposas ganham volume até explodir. São recomendadas de 5 a 10 sessões por área, com intervalos de 15 dias entre cada uma.

Velashape: indicado para gordura localizada e celulite, além de prometer eliminar toxinas, o aparelho combina radiofrequência bipolar, infravermelho, sucção e manipulação computadorizada dos tecidos. Para glúteos, abdômen, coxas e braços.

Heccus: combina ultrassom com corrente de grande porte, para perda de medidas e tratamento da celulite.

Cellutec: trata-se de um método não invasivo com tecnologia francesa, que trabalha tanto a quebra da gordura quanto a retenção hídrica, modelagem corporal, além de estimular a circulação sanguínea e ajudar o corpo a relaxar por meio da reflexologia. Também é um tratamento indicado para praticantes assíduos de academia ou atletas, pois ajuda na remoção do acido lático muscular.

Fonte: Zero Hora.

Anúncios